secretaria@sincomerciarioscat.com.br    (17) 3531-6777
            

Notícias 21/3/2019 7:24:35 » Por Atualizado em 21/3/2019 7:27h

Deputado Motta prestigia lançamento da Frente em Defesa da Previdência

Evento aconteceu na Câmara dos Deputados, com palestras e propostas



O deputado federal Luiz Carlos Motta (PR-SP), presidente da Fecomerciários, participou no dia 23 de março do lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social, no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados.

Criada em 31 de maio de 2016, sob a coordenação do senador Paulo Paim (PT-RS) e do ex-deputado Arnaldo Faria de Sá (PP-SP), a Frente foi reinstalada tendo em vista a proposta da nova Previdência. O objetivo é "o enfrentamento propositivo à reforma da Previdência apresentada pelo atual governo". A Frente deverá apresentar uma proposta possa ser discutida como uma alternativa ao que o governo propôs.

Palestras

Além de parlamentares, o evento reuniu dirigentes de centrais sindicais e movimentos sociais para debater a PEC 06/2019. Entre os palestrantes, o presidente da Sociedade Brasileira de Previdência Social, o advogado José Pinto da Mota Filho, que abriu o seminário expondo as propostas do governo para a Previdência; o diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio, que falou sobre "A Previdência que o trabalhador precisa - princípios gerais - Trabalhadores CLT"; o consultor de entidades sindicais de servidores, Vladimir Nepomuceno, com o tema:" A expectativa para os trabalhadores no serviço público com as reformas propostas"; o professor e assessor jurídico da Contag, Evandro Morello, que expôs sobre a previdência dos trabalhadores rurais.

O evento encerrou com a participação do doutor em Ciência Econômica, mestre em Ciência Política e professor do Instituto de Economia da Unicamp, Eduardo Fagnani, com a palestra sobre "Reforma tributária solidária - Alternativa para preservar a seguridade social e promover a justiça fiscal".

Paim

"A reforma, como está, não interessa a ninguém a não ser ao mercado financeiro. O povo brasileiro não quer essa reforma porque o que está sendo proposto para a capitalização é o fim da Previdência. Ataca inclusive a seguridade. Queremos fortalecer a Constituição que defende um pacto social", afirmou o senador Paulo Paim (PT-RS), um dos coordenadores da Frente.

Para o senador, o texto enviado pelo governo "desmonta o projeto social" construído ao longo dos últimos anos no Brasil. "Ninguém fez um desmonte como esse", disse. Segundo Paim, integrantes da Frente viajarão por Estados nas próximas semanas para discutir a reforma da Previdência com lideranças locais.

Adesão

O lançamento da Frente Parlamentar durou o dia todo e já conta com mais de 170 assinaturas de deputados e de 27 senadores. A sua composição, no entanto, ainda não está definida porque quem quiser aderir ainda poderá fazê-lo.

Militares

Durante o evento, foi anunciada a presença do presidente Jair Bolsonaro, que entregou ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a proposta de reforma da aposentadoria dos militares.



NOTÍCIAS RELACIONADAS

Copyright ©  Sincomerciários     Todos os direitos reservados | by Maquinaweb