secretaria@sincomerciarioscat.com.br    (17) 3531-6777
            

Notícias 9/7/2020 6:39:59 » Por Assessoria de Imprensa

Ato unitário das centrais em Brasília cobra manutenção do auxílio emergencial

Foram respeitadas as recomendações da OMS de distanciamento, higienização e uso de máscaras



Respeitando as recomendações da OMS, de distanciamento, higienização e uso de máscaras, os presidentes das centrais sindicais UGT, Força, CUT, CSB, CTB e NCST e a militância entregaram a representantes do Ministério da Economia, em ato unitário nesta quarta-feira, 8 de julho, em Brasília, as propostas elaboradas para preservação da vida, geração de emprego, renda básica permanente, além de uma agenda à retomada da economia.

Os principais pontos do documento são:

1. Continuidade do auxílio emergencial de R$ 600,00 até dezembro, para proteger aqueles que tiveram perda parcial ou total de suas rendas, como uma etapa da construção de um programa permanente de Renda Básica para Cidadania;

2. Reorganização do Sistema Público de Trabalho e Emprego;

3. Urgência de ampliação das medidas de proteção ao emprego nas micro e pequenas empresas;

4. Agenda para a retomada da economia.

Ato virtual

Concomitantemente ao ato, a fim de evitar aglomeração e a expansão do vírus, houve um ato virtual, através do aplicativo Manif.app, ferramenta criada na França por sindicalistas, utilizada em manifestações durante a pandemia de coronavírus, e os militantes e as militantes marcaram presença digitalmente no protesto.



NOTÍCIAS RELACIONADAS

Copyright ©  Sincomerciários     Todos os direitos reservados | by Maquinaweb